Home » » Eu adoro a minha orientadora!

Eu adoro a minha orientadora!

Written By De Estimação on segunda-feira, 11 de agosto de 2008 | 15:30

Quem já se formou sabe bem o que eu estou falando. Este tal de TCC, monografia, trabalho de conclusão de curso, como quiser chamar. O fato é que ele esta me tirando o sono. É um sacooooo e olha que eu estou aproveitando a oportunidade para realizar um sonho antigo. Criar uma revista sobre animais de estimação. Ainda assim TCC é um saco.
Enfim, como tudo na vida tem os dois lados, para compensar o fardo do TCC, a minha orientadora é um amor!
Elza é o seu nome, mas eu a chamo de Elzita, desde o ano passado quando fui sua aluna. Posso dizer com todas as letras que foi ela quem me ensinou a escrever textos jornalísticos. O pouco que eu sei, foi trabalho de muitos e muitos textos nas aulas da Elza, ainda no terceiro ano da faculdade. Não posso deixar de falar do meu querido Marcelinho, também professor de produção jornalística. No ano passado eu peguei os dois ao mesmo tempo e quase me vi louca de tanto escrever.
Um dos resultados foi o 3º lugar que ganhamos no Prêmio Sangue Novo, como melhor reportagem impressa, de 88 outras reportagens inscritas de todo o Paraná. Foi junto com a Elza que eu ganhei esse prêmio. Aliás, nós ganhamos, eu, ela e o Marcelinho.
Eu até me envergonho, pois raramente consigo cumprir o prazo das entregas dos trabalhos na orientação.
Na estapa da Fundamentação teórica, noooosssaaa!!! Como eu sofri! Tive mais de um mês para escrever e nada. Empaquei feito uma mula. Não saía nada, só choro e mais cabelo branco de tanto nervoso. Ah! Sem falar nas unhas que foram para o beléléu faz tempo!
E a Elza ali. Sempre amiga e compreensiva. Sempre me dando força, me motivando, me ouvindo, me estimulando e acreditando em mim. Eu sempre chegava na orientação chateada porque não tinha nada digno para apresentar, quando não fugia dela pelos corredores. E hoje não foi diferente.
Cheguei chateada, jururu e por um triz não fugi novamente. Tive um dia esquisito. Não dormi direito e amanheci de ovo virado. Foi realmente chatinho o dia e tudo e somente o que eu queria era um abraço de upaaaaaaaaaaaaa, e nada de orientação ou qualquer outra coisa que eu tivesse que pensar, raciocinar.
Pois bem, me esforcei e fui pra redação do Lona (nosso jornal da faculdade). A primeira coisa que fiz foi entregar os 100 questionários(que muitos responderam - muito obrigada) e disse: "Não sei o que faço com esse bando de respostas"!
Como sempre, vejo um sorriso no rosto da minha querida orientadora e ouço: "Calma, vai dar tudo certo"!
Nossa, como é bom ouvir essas coisas sempre! Que dirá naqueles dias em que a gente esta mais pra lá do que pra cá!
É isso, eu só queria registrar que eu adoro a minha orientadora. Ela que desde o ano passado acreditou em mim, no meu projeto e no meu futuro. Todos os nossos encontros são muito bons, sempre saio mais confiante e segura de que a revista será um sucesso e a minha apresentação na banca também!
Obrigada meu Deus por sempre colocar pessoas iluminadas e bacanas em meu caminho! Muito obrigada, Senhor! Amém!

0 comentários:

Top