Home » » Mãe de peixinho, peixinho é!

Mãe de peixinho, peixinho é!

Written By De Estimação on segunda-feira, 5 de maio de 2008 | 19:09

Ai ai ai, não tem jeito mesmo! Mãe de peixinho, peixinho é!
Eu sempre fui atrás dos meus ídolos, enfrentei filas, empurra empurra, fico no gargarejo e tudo o mais que fãs fazem para estar perto daqueles que de alguma forma, nos traz algo de bom, que nos emociona e por aí vai.
Desta vez, foi a vez da mamãe! Ela que, assim como eu, é espírita e não acredita mais na igreja católica, ainda acredita em padres. Aliás, em dois padres apenas. Nosso querido Padre Haroldo e no Padre Fabio de Mello (foto).
No sábado passado, estive na Livraria Curitiba de um dos shoppings aqui da cinzentinha e vi o cartaz de que o Padre Fabio estaria hoje, segunda, na livraria autografando seu mais novo livro. (Não vou citá-lo aqui por que não sou de ficar fazendo propaganda) Mentira, é proque estou caindo de sono e com preguiça de procurar o link.
Lógico que liguei correndo para a mamãe que ficou em cócegas!
Pois bem! Hoje, saiu cedo para resolver algumas coisas e depois foi direto para o shopping.
Chegou cedo, ficou na fila por mais de duas horas, fez amizades e foi logo uma das primeiras a falar com o Padre.
Enquanto ele autografava o livro, os dois conversaram e ainda tiraram, dentre outras, esta linda fotografia que ficará na lembrança da mamãe, sei que, por muitos e muitos e muitos anos!
Que linda! Adorei vê-la deixando a timidez de lado e indo lá, sem negar as origens de "fãzoca" que sempre foi e que eu herdei com muita honra! rs
Que bom! Esta noite dormiremos com um sorriso no rosto!
Ela porque esteve tão perto de quem um dia nem poderia imaginar e eu porque a vi feliz da vida!
Obrigada Senhor! Muito obrigada!

2 comentários:

Nayane Fontes disse...

Eu sempre tive essa coisa de ir atrás dos meus ídolos. Lembro de quando eu tinha 13 anos e era fanática por Sandy e Junior - já gostei e não nego, haha – e no fim do show enquanto tentava chegar perto deles para conseguir pegar um autógrafo quase fui pisoteada. Uma coisa de louco! Mas no final valeu a pena, consegui o autógrafo, voltei pra casa feliz e saltitante e passei uma semana sonhando com eles. Faz tempo que deixei de curtir os dois irmãos, mas esse dia marcou pra sempre.

E só mais uma coisinha: o post “Atitude Revolucionária” chamou minha atenção.
Eu, particularmente, vivo em eterna mutação. Mas nunca tomei uma ‘atitude revolucionária’. Talvez por medo ou até mesmo conformismo. Enfim, me fez pensar seriamente em comprar umas garrafinhas de coragem e começar a mudar algumas coisas. :)

Seu blog é bem bacana.
Bem, é isso.

ana paula disse...

ADOREI, ASSIM COMO SEMPRE FOMOS ATRAS DELES, ELA TB FOI.... É ISSO AÍ...
MANDE BJOCAS PRA MINHA MADRINHA
PAULA

Top