Home » » Eles

Eles

Written By De Estimação on domingo, 6 de julho de 2008 | 18:23

O que falar desses seres encantadores?
Bem, eles não apenas só encantadores
São também deslumbrantes e misteriosos
Dignos de todo e qualquer forma de respeito
São tão independentes que nos deixam
Sem saber o que fazer
Quando saem por esse mundo à fora
E não deixam nem sombra dos seus rastros
É lindo quando os vejo por cima dos telhados
Desbravando o desconhecido
Como um felino no topo de uma montanha
Como os donos do mundo
Tão lindos, tão interessantes, tão amados e admirados
Eles são assim, são tudo isso para mim
São espécies raras, apesar de estarem em todos os lugares
São espécies que me me emocionam, sempre!
São seres independentes que cuidam de si
E pedem carinho,proteção, atenção quando precisam
Mas apenas quando precisam
E me sinto orgulhosa, pois eles me pedem sempre!
Pedem tanto que até na hora da despedida do nosso físico
Eles voltam
Hoje foi a Nega. Minha Nega Réa
Hoje ela se foi.
Se foi de uma forma triste
Aliás, há como partir sem ser/estar triste?
O que eu quis dizer foi que ela sofreu
E nós também
Enfim, eles são assim
Tão independentes
Que nos deixam sem chão
Sem saber o que fazer
E é assim que me sinto agora
Sem saber o que fazer
E sem saber o que dizer
Neste, que era para ser um poema para Eles!
Pauline Machado

3 comentários:

mo march disse...

Ah, esses seres iluminados de pêlos que nos cercam... Amamos tanto, tanto, tanto. E sabemos o bem que eles nos fazem. Sorte nossa!

Bj enorme no coração, querida.

Matheus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fabio Lucio disse...

POXA LIN ,MAS UM GATINHO SEU SE FOI !
TB PASSEI POR ISSO RECENTEMENTE, A CLARINHA LÚCIA A GATA Q EU MAIS AMAVA, SUMIU. TA C 2 SEMANAS Q ELA NÃO APARECE. EU ERA LOUCO POR ELA, POIS TD Q EU FALAVA C ELA, ELA RESPONDIA. NUNCA FICAVA CALADA. A MÃE DIZIA Q ELA ERA DOIDA.
TO TRISTE, COM FALTA DELA.
ABRAÇO.

Top