Home » » Tédio

Tédio

Written By De Estimação on quinta-feira, 1 de maio de 2008 | 17:09

A pessoa dorme congelada, de frio
De todos os frios imagináveis
A pessoa sonha e vê que tudo é um sonho, ainda

A pessoa acorda e ainda sente o corpo congelado
De baixo das cobertas
A pessoa de alguma forma
Se esquenta

A pessoa levanta, toma uma ducha quente para espantar os frios
A pessoa se veste.
Uma, duas, três calças, não sei quantas meias, quantos casacos

A pessoa anda para um lado, anda para o outro
Senta-se diante do micro
Faz isso, faz aquilo e não faz nada

A TV não acrescenta em nada
Melhor ir dormir
Mas dormir de tarde deprime
Melhor tentar ficar acordada

Não agüentei
Desabei no sofá debaixo de uns cinco quilos de cobertor
Babei, dormi mal
Acordei

Que será isso?
Só o frio?
Mas quais dos frios?
Acho que todos ao mesmo tempo

Comi algo, falei com pessoas
Me irritei, me calei
Acho que minha bipolaridade
Aflorou

O frio me irrita
O frio da alma mais ainda
O frio do corpo...
Uh! Nem se fala!

Enfim, to entediada
Acho melhor desligar tudo
Acho melhor ir dormir
Mas será que não vou ficar rolando na cama?


Vim pra cá
Escrevi, escrever às vezes me acalma
Mas, escrever pra quem?
Será que tem alguém aí?

Toc toc toc
Não, ninguém responde
Acho que estou sozinha aqui
É, acho melhor ir dormir...

0 comentários:

Top