Home » » Eu não sei

Eu não sei

Written By De Estimação on quarta-feira, 2 de julho de 2008 | 16:02

Eu não sei por que as meninas desde a infância são reprimidas e os meninos soltos ao mundo.

Eu não sei por que a gente é educado a não demonstrar sentimento de afeição pelo outro, quando esse sentimento passa de uma amizade e torna-se um sentimento amoroso.

Eu não sei por que a gente é tímido, se na vida tudo passa.

Eu não sei por que a presença de determinadas pessoas fazem a gente sentir aquele frio na barriga.

Eu não sei por que o mundo parece colorido quando estamos apaixonados.

Eu também não sei por que o mundo é tão escuro para algumas pessoas, embora apaixonadas.

Eu também não sei por que Curitiba tem que ser assim, tão cinzentinha e absurdamente gelada.

Eu não sei por que as pessoas ainda se matam por nada.

Eu não sei por que os seres humanos, racionais, ainda desrespeitam os animais, tão irracionais.

Eu não sei por que às vezes a gente tem que viver longe de quem amamos.

Eu não sei por que ainda há tanta gente passando fome.

Eu não sei por que ainda há tanta gente que come os animais.

Eu não sei por que a gente tem que correr tanto para nada, ou para tudo.

Eu não sei por que a gente perde noites de sono preocupados com as contas.

Eu não sei por que eu não consigo mais me imaginar sem a internet e um celular.

Eu não sei por que amo tanto os animais.

Eu não sei por que a música tem o dom de me emocionar.

Eu não sei por que tudo passa tão rápido.

Eu não sei por que às vezes o tempo parece estacionar.

Eu não sei por que algumas pessoas são tão queridas e outras tão indiferentes.

Eu não sei por que a gente às vezes cobiça o par do outro.

Eu não sei por que a gente não manda em nosso coração.

Eu não sei por que eu tenho um blog.

Eu não sei por que os políticos, a polícia e tantos outros não tem a menor vergonha na cara.

Eu não sei por que as pessoas se casam.

Eu não sei por que pouco se fala sobre sexo.

Eu não sei por que às vezes não sabemos explicar os sentimentos. Apenas sentimos.

Eu não sei por que mais um monte de outras coisas.

Afinal, um legítimo Chipanzé de raça passa pela estrada da vida sempre a questionar!

Assim sou eu!
Pauline Machado

3 comentários:

Paula disse...

eu só tenho uma frase a dizer:
EU NÃO SEI!!!!!!!!!!! hahahahah
Bjão amiga !!!!!!!!!!

José Marcos Taveira disse...

Eu não sei por que te adoro tanto, menina, mas adoro de montão!!! Vc tá lá no meu blog com uma faixa enorme de zemarquete! Beijos.

George disse...

ÊTA chimpanzeziana de raça RAÇÚDA!!!!

Bóta pra rásgar linzi's

Mássa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Estoy emocionado!!!!!!
hehe!

Beijos.

Top